Quinta, 19 Outubro 2017

Troféu Evidência homenageia Maria Diniz por trabalho social em Mateus Leme

Publicado em Cultura Segunda, 25 Setembro 2017 15:40
Avalie este item
(0 votos)

Em todas as comunidades existem aquelas pessoas que se destacam por tentarem transformar a realidade dos que vivem ao redor. No bairro Santa Bárbara, em Mateus Leme, Maria Diniz é um desses exemplos de cidadania. Com esforço e muito carinho, há anos ela participa de projetos filantrópicos e é voluntária em diversas ações realizadas na cidade. Por isso, é uma das homenageadas do Troféu Evidência 2017.

A proposta da premiação é justamente reconhecer personalidades e empresas responsáveis por contribuir para o crescimento social e econômico da região. No caso de Maria Diniz, a história de dedicação ao próximo teve início nos anos 90, com a criação da Associação de Mães Santa Bárbara. A entidade sem fins lucrativos prestava assistência há 37 famílias do Santa Luzia, João Paulo II, Central, e Santa Bárbara. 

Entre as atividades estavam serviços de saúde, como encaminhamento ao pré-natal, prevenção ao câncer com a indicação dos exames específicos, atendimento odontológico, cardiológico, além de campanha de combate à pobreza, com distribuição de cestas básicas, ajuda no planejamento familiar, e doação de roupas. Existiam ainda os casos em que moradores estavam realizando cursos de qualificação profissional, mas não tinham dinheiro para comprar os materiais necessários. E, conseguiam por meio da organização as ferramentas de trabalho.

A homenageada conta também que uma das maiores preocupações da associação era promover a cultura. Para isso, com a ajuda da população mateuslemense e de empresas da região, foi criada uma biblioteca para empréstimo de livros e aulas de reforço escolar para crianças. Todo o trabalho era feito em sistema voluntariado e doações. Por questões burocráticas, a entidade teve de encerrar os trabalhos em 2014. Com isso, todo o material foi direcionado para a Associação Arte, Cultura e Fantasia – AACF – também em Mateus Leme. Mesmo com a tristeza de fechar a instituição, Maria Diniz continuou a auxiliar a população da cidade.

Aos 71 anos de vida, ela tem o orgulho te ter participado dos primeiros trabalhos no Lar São Mateus, importante abrigo do município. Além disso, atuou como presidente da Associação de Moradores do Santa Bárbara. Na ocasião, os esforços dispendidos resultaram na escola de informática do bairro e muitos outros benefícios para a região. Por causa dessa atuação, Maria Diniz estará presente na noite de 21 de outubro, no Grande Teatro da Universidade de Itaúna, para ser aplaudida pela dedicação ao povo de Mateus Leme.

 

Lido 191 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE