Sexta, 20 Outubro 2017

Desde terça-feira, 29, todas as apostas da Lotofácil registradas nas casas lotéricas estão voltadas para a premiação da Independência, que vai pagar R$ 75 milhões. Os interessados em concorrer poderão fazer as apostas até quarta-feira, 06, um dia antes do sorteio, que será realizado a partir das 09h.

O prêmio do concurso especial não acumula, ou seja, o ganhador será quem acertar a maior quantidade de dezenas entre os 15 números sorteados. Basta marcar de 15 a 18 números dentre os 25 disponíveis, ou deixar que o sistema escolha os números. O preço da aposta simples, com 15 números, é de R$ 2. Os bolões para a Lotofácil da Independência têm preço mínimo de R$ 10 e cada cota deve ser de pelo menos R$ 2. 

Durante a reunião ordinária da Câmara de Juatuba, na segunda-feira, 28, foi apresentado um projeto de lei que, caso aprovado e sancionado pelo Executivo, torna obrigatória a transparência em relação ao número de pacientes que aguardam por procedimentos na rede pública de Saúde. A matéria visa dar publicidade à lista de usuários do sistema, desde que resguardada a privacidade dos mesmos, na espera por consultas com especialistas, exames e cirurgias, possibilitando a eles o acompanhamento e estimativa do tempo médio para atendimento. A proposta, do vereador Wellington Pinheiro, está agora nas comissões, para análises e pareceres. 

Após quatro meses de espera, o Hospital Santa Terezinha finalmente recebeu os recursos do Estado, que estavam em atraso. No último dia 21, os diretores e funcionários da unidade de saúde chegaram a paralisar as atividades para chamar a atenção das autoridades, uma vez que a execução dos serviços estava complicada devido à falta de verba. Depois disso, foram depositados R$ 380,3 mil correspondentes ao valor das parcelas atrasadas.

A instituição filantrópica, cujo faturamento é oriundo principalmente da produção do Sistema Único de Saúde – SUS – passa por graves dificuldades para prestar assistência à população da cidade e região. A unidade recebe mensalmente do Estado R$ 93 mil que devem cobrir as despesas com pessoal e manutenção dos leitos de urgência e emergência. 

Em entrevista, o gerente financeiro do Hospital Santa Terezinha, Jairo Chaves Ribeiro, explicou que mesmo com o repasse, os problemas continuam. “O prejuízo já foi feito. O Estado acha que por ter quitado então está resolvido, mas não. Só em agosto, quatro funcionários pediram desligamento, inclusive o administrador”, lamentou. Fernando Sérgio Barbosa, que era responsável por gerir a instituição, deixou o cargo na quarta-feira, 30. O posto passou a ser ocupado por Renata Vidigal.

Jairo destacou ainda que a prioridade para aplicação do dinheiro é colocar os salários e plantões em dia. A expectativa é de que a partir dessa regularização, os atendimentos possam ser realizados normalmente.

 

Mutirão de cirurgias

Neste fim de semana o Hospital Santa Terezinha fará um mutirão de cirurgias de catarata. De acordo com a estimativa da instituição, serão atendidos 120 pacientes, de diversas cidades da região. De acordo com Jairo Chaves Ribeiro, a ação é benéfica, pois  ajuda a unidade de saúde a receber mais recursos.

“O Hospital recebe uma quantia por mês. O valor é o mesmo, independente de os leitos estarem ocupados ou não. Quando fazemos mutirões recebemos verba extra do Sistema Único de Saúde para ajudar nos procedimentos”, explicou o gerente financeiro. 

Está também em processo de análise um convênio com a Prefeitura de Mateus Leme. A parceria engloba diversos tipos de cirurgia, na maioria aquelas que não são classificadas como urgentes pelo SUS. Assim, a administração municipal arcaria com os custos e os pacientes seriam contemplados de acordo com fila de espera já existente, aliviando a demanda por procedimentos eletivos, que é alta. Com a negociação em andamento, o Governo começou a elencar os casos prioritários para que sejam levantados os valores e formalizado o contrato. 

Na edição passada, o JORNAL DE JUATUBA & MATEUS LEME, apresentou algumas demandas da comunidade de Azurita, entre as quais, a cobrança pela criação de um plano habitacional voltado às famílias de baixa renda. Moradores reclamam que a região nunca teve prestígio com as autoridades locais e sempre ficou abandonada pelo poder público. Mas, de acordo com informações concedidas à reportagem nos últimos dias, a atual administração municipal pretende mudar essa realidade. 

O governo disse, por meio da assessoria de imprensa, que está trabalhando para atender às reivindicações de Azurita e promover o desenvolvimento do distrito. “Em relação à construção de casas populares, a Prefeitura tem buscado parcerias junto à Companhia de Habitação de Minas Gerais, a Cohab, para que seja possível atender às necessidades da população nesse sentido”, frisou a nota, encaminhada pela comunicação oficial. 

Ainda de acordo com a administração, está sendo fomentada a instalação de indústrias que ampliarão a geração de emprego e renda, contemplando a  comunidade de Azurita. A Prefeitura afirmou ainda que os serviços básicos de manutenção, alvos de questionamentos pela precariedade de determinados trechos, têm sido executados. Operação tapa-buracos em várias ruas e avenidas, poda e capina em praças, apoio à festa do Rosário, pintura de meios-fios e limpeza de ruas foram algumas das ações destacadas pelo Executivo como melhorias garantidas ao distrito na atual gestão. 

A Praça da Igreja Matriz de São Sebastião, em Azurita, será cenário do grande Show de Prêmios organizado pela Sociedade São Vicente de Paulo. As cartelas para o evento já estão sendo vendidas e custam R$ 10. Haverá premiação de R$ 200, R$ 300, R$ 400, R$ 500 e R$ 1 mil. O evento terá início às 11 horas e renda revertida para as obras assistenciais da associação. 

A escritora Maria Mendes realiza neste sábado, 02, a solenidade de lançamento do livro “A lenda do cavalo multicor”. A cerimônia será no auditório da Cooperativa Educacional Nossa Senhora de Fátima – Coensfa –, a partir das 15 horas. A obra, destinada ao público infanto-juvenil, aborda temas do cotidiano, com linguagem lúdica e adaptada aos adolescentes. A autora é também professora e publicou outros três livros, voltados ao público adulto. A sede da Coensfa fica na rua Getúlio Vargas, 222, Centro. 

Começou nesta quinta-feira, 31, em Mateus Leme, a capacitação para eletricista predial, viabilizado pela parceria da administração municipal com o Serviço Social da Indústria – Sesi – e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai. Até 29 de setembro, 40 pessoas terão oportunidade de aprender técnicas que vão tornar mais fácil a inserção nom delas no mercado de trabalho. As aulas são ministradas no galpão da Prefeitura, que projeta a chegada de outros cursos em breve. 

Entre os dias 08 e 10 de setembro será realizada a 10ª Festa do Leite, na Praça de Serra Azul. A dupla Gil & Jéferson abre oficialmente o evento, na sexta-feira, às 20 horas. Na programação de sábado, com início também às 20h, está o desfile das alunas da Escola Estadual Alvino Alcântara Fernandes, apresentando a riqueza das fazendas, haras, sítios e comércio do distrito, e muita música com Deise Carvalho e Banda. No domingo, a partir das 13h, o tradicional corso das carroças, com premiação para o dono da mais enfeitada, e, às 19h, sobe ao palco o grupo Radiação. Também não vão faltar as comidas típicas, vendidas durante os três dias de comemorações. 

Mais de 69 mil empreendimentos em Minas Gerais receberão a visita de equipes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae –, no próprio estabelecimento, até o fim deste ano. A proposta é conceder orientações gratuitas sobre gestão aos empresários de diversos segmentos. Um representante da entidade, devidamente uniformizado e identificado com o crachá da instituição, vai coletar dados do empreendedor e informações sobre a atuação da organização nas áreas de finanças, mercado, recursos humanos, inovação e sustentabilidade. Com a indicação dos pontos fortes e aqueles que podem ser melhorados, o atendente apresentará gratuitamente as soluções que podem contribuir para resultados mais expressivos.

A novidade deste ano é o diagnóstico personalizado. Para o pequeno empresário o questionário será sobre gestão da empresa, já para o microempreendedor individual, além da gestão, será verificado o cumprimento das obrigações legais. Além disso, nove atividades (alimentação fora do lar, açougue, varejo de moda, oficina mecânica, salão de beleza, loja de material de construção, farmácia, autopeças e minimercado) terão um diagnóstico complementar sobre processos, estrutura e mercado. 

Com base nas respostas dos clientes serão identificadas as necessidades de cada um dos estabelecimentos e, a partir daí, indicadas ferramentas e materiais complementares, bem como cursos, palestras e outros serviços do Sebrae, que contribuam para a melhoria da gestão dos negócios. Juatuba está entre as cidades contempladas com o projeto. 

O governo de Minas divulgou o resultado do programa Meu Primeiro Negócio, com a lista das 120 instituições de ensino que receberão o curso entre setembro e novembro deste ano. Entre as contempladas, estão as escolas estaduais Joaquim Corrêa e Elias Salomão, localizadas, respectivamente, em Juatuba e Mateus Leme. 

O projeto tem o objetivo de promover a cultura empreendedora entre os adolescentes, por meio da organização e operacionalização de empresas estudantis. Durante 12 semanas, os participantes aprenderão conceitos de mercado, comercialização e livre iniciativa, com acompanhamento de profissionais das áreas de marketing, finanças, recursos humanos e produção. Os jovens serão imersos em uma jornada de educação empreendedora, do começo ao fim da capacitação, garantindo melhor preparo para o ingresso no mercado de trabalho.

As escolas que não foram contempladas neste ano terão a oportunidade de se cadastrarem novamente no próximo ano, quando o governo ampliará o programa, abrindo mais vagas. A expectativa é de envolver ao todo 20 mil estudantes e outros 2,6 mil professores e voluntários.  A iniciativa foi viabilizada pela parceria entre as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e a Secretaria de Educação. 

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE