Sábado, 16 Dezembro 2017

O ator Klebber Toledo, da Rede Globo, vai viver no cinema o atleta Danilo, que fazia parte do elenco do Chapecoense e morreu ano passado em decorrência do acidente aéreo que vitimou grande parte da equipe de Santa Catarina. O filme “O Goleiro” está em fase de pré-produção e a previsão é de que seja lançado no fim de 2018. O roteiro e a direção são do juatubense Thiago di Melo. 

O global vai passar por uma transformação para encarnar o personagem e revela a emoção de contar uma história tão emblemática. Klebber Toledo, ao lado de dona Ilaís, a mãe de Danilo,  e do diretor Thiago di Melo,  prometeu, em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira, 31,  em Chapecó, não medir esforços e “se jogar” literalmente o ídolo do time dizimado na tragédia. 

 Esportista, o surfista e ex-jogador de vôlei federado em São Paulo projeta dispensar dublê nas cenas debaixo das traves e mostra conhecimento sobre o principal nome da conquista da Copa Sul-Americana do ano passado.  

Pela manhã, antes da entrevista, Klebber fez questão de visitar a Arena Condá e ficou emocionado ao entrar no gramado e se postar em baixo das traves.  O ator vestiu a camisa do Chapecoense, segurou e beijou o troféu do título Sulamericano e percorreu todo o clube.  

A obra não vai ter como enfoque o trágico acidente, mas sim a história bibliográfica de Danilo desde o nascimento até o último dia de vida. Klebber terá que colocar lentes de contato para escurecer os olhos, cortar os cabelos e ganhar massa magra para representar o atleta no auge da forma física. Depois, ainda perderá muitos quilos para mostrar como ele era no início da carreira.

"Quando veio o convite, eu já tinha assistido muita coisa, lido matérias, eu fui construindo. Parece que estou estudando para o personagem há muito mais tempo, me sinto próximo. A minha responsabilidade só aumenta, a responsabilidade de doar o coração, não de fazer um trabalho de ator, mas de me entregar como ser humano”, comentou. 

Thiago Di Mello, quis um ator diferente fisicamente de Danilo e acha que Klebber vai cumprir muito bem a missão. "Eu busquei o desafio de encontrar alguém que não fosse parecido, eu queria alguém que se transformasse. Os olhos azuis nós vamos mudar, ele já está sabendo. Ele mexer no cabelo, esse é o desafio, alguém semelhante seria clichê”, explicou. 

 O diretor revela que a primeira cena do filme será a mãe de Danilo, dona Ilaídes, indo para o hospital após a bolsa estourar. Ela passará por um parto complicado porque o cordão umbilical ficará enrolado no pescoço da criança. Após o procedimento bem sucedido, o médico revelará que ele será um jogador de futebol e, mais especificamente, um goleiro pela forma como a criança segurava o dedo dele.

 

Minas Gerais é um dos estados que mais concentram Micro e Pequenas Empresas – MPE - e Microempreendedores Individuais - MEI. Ao todo são 2.047.244 registros. Essas modalidades de negócio alcançam também as pequenas cidades, como é o caso de Mateus Leme, que contabiliza 1.182 MEIs e 791 MPEs. 

Para ajudar esse público a adquirir novos conhecimentos, que possibilitem o desenvolvimento, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae -, promove na próxima quinta-feira, 09, o seminário Desafios do Crescimento. A ação tem sido levada a diversas cidades mineiras, mostrando cenários, tendências e oportunidades para melhorias na gestão e façam o empreendimento crescer. Um dos objetivos é que os participantes consigam se tornar mais competitivos e sustentáveis. 

O encontro será realizado no Salão Mello Aguiar, que fica na rua Miguel Alves Diniz, 65, no Centro. A abertura do evento está prevista para 18h15, seguida das palestras “Liderança Transformadora” e “Economia Colaborativa”. Após intervalo, começa às 20h45 o painel de debates, que segue até às 22 horas. O Sebrae conta com o apoio da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Prestação de Serviços de Mateus Leme - Aciaps –, e do Sicoob Crediuna. Inscrições e informações pelo 0800 570 0800 ou 3535-1910. 

Negócios familiares

Uma pesquisa realizada pelo Sebrae aponta que mais de um terço dos pequenos negócios em Minas Gerais têm familiares como sócios ou empregados. Conforme os dados apontados, essa é a situação de 36% dos empreendimentos brasileiros. As empresas de pequeno porte – EPP - são as que concentram a maior proporção (59%) de parentes nos quadros funcionais. Entre as microempresas – ME -, 52% estão nessa condição, enquanto os MEIs concentram 25% com essas características. O estudo foi feito com uma amostra de 6.617 entrevistados em todo o país. O território mineiro é o segundo com o maior número de entrevistados, 382, atrás apenas de São Paulo, que contabilizou 385.

 

Os estudantes da UMEI Dona Carmita também participaram da Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia – Mostratec -, no Rio Grande do Sul. As crianças apresentaram o trabalho “Terra na Mão”, iniciativa que rendeu a elas o prêmio destaque pelo único projeto da educação infantil de fora. 

A credencial dos meninos de quatro anos para uma das maiores feiras científicas da América Latina e a principal do Brasil, foi devido à manutenção e os cuidados com o pomar e mini-horto existentes na instituição de ensino. A prática de incentivo ao cuidado com as plantas já havia sido premiada em Mateus Leme, em agosto, quando os alunos conseguiram a habilitação para ir ao território gaúcho. 

"Ficamos em terceiro lugar geral, o que é um grande reconhecimento, e ainda pudemos levar nosso trabalho à Mostratec, o que muito nos honra, além de elevar o nome de Mateus Leme para fora das fronteiras de Minas Gerais.”, diz a diretora da UMEI Dona Carmita, Karol Salomão.

A viagem dos pequenos cientistas ao Rio Grande do Sul foi viabilizada com o apoio da Prefeitura e Câmara, já que o poder público garantiu o custeio das passagens, transporte até ao aeroporto e hotel. Parceiros da instituição de ensino colaboraram com os recursos necessários para o pagamento de inscrições, alimentação e hospedagens das crianças e acompanhantes. 

Mais uma ação inovadora foi iniciada na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae – de Mateus Leme, com o lançamento da Escola da Família. A iniciativa tem como objetivo aumentar a integração, contribuindo para que os parentes dos assistidos conheçam mais a respeito das deficiências. 

O projeto, que teve aula inaugural em 17 de outubro, será desenvolvido de 15 em 15 dias. Durante os encontros, profissionais experientes em relação a diversas síndromes e patologias, tratarão temas variados e de forma dinâmica, criando mais espaço para o aprendizado. O fortalecimento dos laços familiares e a socialização são os principais focos. 

 

Vanessa Aparecida Vasconcelos de Freitas é uma das jovens pesquisadoras de Mateus Leme que vem ganhando destaque Brasil afora. Aluna da terceira série do ensino médio da Escola Estadual Domingos Justino Ribeiro, há quatro anos ela dedica tempo aos estudos sobre a planta Barbatimão. Tanto empenho já gerou muitos resultados positivos, o último deles, na 32ª Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia – Mostratec – no Rio Grande do Sul, encerrada na sexta-feira, 27. O potencial da garota foi reconhecido mais uma vez e ela deixou o território gaúcho com uma vaga garantida para a edição de 2018 da Intel ISEF – International Science Engineering Fair, que será realizada na Pensilvânia, nos Estados Unidos. 

A Mostratec contou com mais de 400 trabalhos, feitos por estudantes do Brasil e outros 20 países. Vanessa levou a pesquisa “Atividade Biológica e Abordagem Fotoquímica da Planta Barbatimão (Stryphnodendron adstringens)”. “Foi ótimo. Todos os avaliadores gostaram do projeto e eu tive a oportunidade de conhecer muitas pessoas. Enfim, é algo que vou levar para a vida inteira”, conta. 

Para a experiência internacional, a adolescente pensa em aprimorar a pesquisa, com a ampliação dos testes e exploração de novas áreas. “Também pretendemos aperfeiçoar os produtos fitoterápicos que produzimos e tornar a apresentação, para que ela fique cada vez melhor”, adianta. A cientista já tem no currículo o segundo lugar na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia - Febrace -, em São Paulo, e a terceira posição na Mostra de Ciências e Tecnologia Escola Açai – MCTEA -, no Pará.

A orientação foi da professora Fernanda Guedes, que leciona Ciência e Biologia na Escola Domingos Justino Ribeiro. A educadora comemora a premiação. “Entre os trabalhos foram escolhidos nove para representar o Brasil. Eles analisam, por exemplo, o potencial da instituição de ensino para dar o suporte ao aluno numa feira mundial, a qualidade técnica da pesquisa para representar o país e o desempenho do estudante”, explica.

Fernanda Guedes teve “pupilos” selecionados para a Intel ISEF – International Science Engineering Fair em outras ocasiões. “Essa é quarta vez que alunos de uma escola pública de Mateus Leme são credenciados. Nenhum professor de Minas Gerais conseguiu tanta participação. Isso mostra como é importante trabalhar a iniciação cientifica na educação básica”, conclui.

 

O estudo

O Barbatimão foi escolhido devido ao uso constante pelos moradores de Mateus Leme. “É muito utilizado na cidade e ninguém nunca tinha feito pesquisas a respeito. Aproveitamos os conhecimentos populares para iniciar os estudos”, afirma Vanessa Aparecida Vasconcelos de Freitas. A planta tem potenciais antiinflamatório, antimicrobiano, cicatrizante e adstringente, além de característica antioxidante, sendo recomendada também para o tratamento de infecção na pele. 

O primeiro passo da estudante e da orientadora foi conhecer o Barbatimão. “Começamos a pesquisa na escola. Com o passar do tempo, entramos em contato com a Universidade do Estado de Minas Gerais e consegui uma bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq. A partir daí utilizamos o laboratório da instituição de ensino superior para os testes”, lembra Vanessa.

Depois, começaram os estudos da parte da microbiologia e a análise botânica e do extrativismo. “É uma planta bem conhecida. Usa-se a casca do caule como medicamento. Devido ao uso constante das pessoas ficamos preocupadas com a capacidade de renovação, por isso, pesquisamos qual parte do ano é ideal para fazer a coleta para fins medicinais”, destaca Fernanda Guedes. Os dados foram publicados em formato de livro, pela editora Catalogo Novas Edições Acadêmicas. A publicação será lançada no mês de novembro.

 

Mostratec

 

A Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia é uma feira de ciência e tecnologia, realizada anualmente pela Fundação Liberato, na cidade de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul. O evento destina-se à apresentação de projetos de pesquisa em diversas áreas do conhecimento humano, realizados por jovens cientistas do ensino médio e da educação profissional técnica de nível médio.

 

O pedido de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI – para apuração de possíveis irregularidades praticadas pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa – em Mateus Leme - deve chegar ao plenário da Câmara na próxima segunda-feira, 06. Informações obtidas pela reportagem no início desta semana deram conta de que o requerimento estava praticamente pronto para ser apresentado aos vereadores, que serão responsáveis por definir se a situação será ou não investigada. 

A principal motivação para o pedido de CPI, sob a liderança do presidente da mesa diretora, Cristiano de Oliveira, o grande número de reclamações feitas contra a Copasa. Um dos fatores que pesaram, o preço cobrado pela água e agora, a taxa de esgoto, fixada, a partir de agosto, em 90% do valor referente ao consumo mensal dos recursos hídricos, sem a cobertura de 100% do tratamento dos efluentes. Ainda de acordo com o parlamentar, a maior causa da revolta atualmente é o fato de a estatal, apesar da cobrança pela coleta, continuar despejando os dejetos nos ribeirões. Na semana passada, o assunto foi tratado em audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG. 

 

Na próxima quinta-feira, 09, o gabinete do governador Fernando Pimentel será transferido para Itaúna, onde será realizado o 13º Fórum Regional de Minas Gerais, programa desenvolvido pelo Estado para aproximar o Executivo das demandas da população. O encontro, aberto à participação popular, será no Ginásio Poliesportivo JK, no bairro Cerqueira Lima, das 08h às 17 horas. O projeto, que prevê a integração dos municípios, contará também com a presença de secretários de Estado, representantes de instituições, prefeitos e vereadores.

A programação envolve mais de 40 órgãos de Governo, que prepararam cerca de 150 ações para serem executadas com representantes de todos os municípios do Território Oeste, além do envolvimento de líderes comunitários, presidentes de associações de bairros e a população. Também estará em pauta um debate público sobre o acerto de contas entre Minas e a União, previsto para começar às 10 horas. O assunto está relacionado às perdas com a Lei Kandir, legislação que desonerou do ICMS os produtos exportados pelos estados.

 

Prestação 

de serviços

 

Diversos serviços essenciais serão disponibilizados para o público que for ao evento. A estrutura montada pela Polícia Civil vai emitir carteira de identidade, atestado de antecedentes e registrar ocorrências. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros também vão apresentar diversas ações.  A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) terá espaço exclusivo com todos os serviços de uma agência de atendimento. O consumidor poderá negociar dívidas, quitar e solicitar emissão de segunda via da conta, tirar dúvidas sobre faturas, tarifas e requisitar religação.

Durante o evento, a Cemig vai distribuir lâmpadas para quem apresentar a última conta de luz paga, limitada a duas unidades por consumidor. A distribuição será a partir do meio-dia. Além disso, o público poderá visitar as feiras da agricultura familiar, da economia popular solidária e a exposição de artesanato.

Encontro dos gestores públicos

 

Algumas ações serão direcionadas especificamente aos prefeitos e gestores públicos. As Secretarias de Estado de Governo (Segov), de Planejamento e Gestão (Seplag), Transportes e Obras Públicas(Setop) e Cidades e Integração Regional (Secir) terão um espaço conjunto para esclarecer dúvidas em relação às parcerias com o Estado. No local, os administradores ainda vão conhecer o Programa de Apoio aos Municípios e ao Desenvolvimento Regional, que prevê a doação de um projeto técnico de engenharia e arquitetura para prefeituras com menos de 100 mil habitantes.

 

O vereador Alexandre Antônio Diniz Avelar (PPS) aceitou o convite da prefeita Valéria Aparecida dos Santos (PMDB) para estar à frente da recém-criada Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social. Sargento Avelar, como é mais conhecido, foi empossado no cargo em solenidade nesta quarta-feira, 1º, na sede do Legislativo. A cadeira dele na Casa fica com o suplente e correligionário, Messias Leão, que já o substituiu no primeiro semestre deste ano, quando precisou se ausentar para tratamento de saúde. 

Para instituir a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, a administração extinguiu a de Assuntos Especiais, da qual era titular a sindicalista Calmelícia Antônia, nomeada para a Ouvidora.  A escolha de Avelar para titular, de acordo com o Executivo, foi principalmente pela experiência que contabilizou na área, após anos como integrante da Polícia Militar de Minas Gerais – PMMG. Membros da equipe do alto escalão da Prefeitura prestigiaram a cerimônia de posse e destacaram as qualidades do sargento para o posto. O vice-presidente da mesa diretora da Câmara, Elton dos Reis, também participou. 

Segundo o governo municipal, a nova secretaria tem como atribuições propor e conduzir a política de defesa social em Juatuba, com ênfase na prevenção à violência e no combate às drogas, a partir do desenvolvimento de programas voltados à comunidade. O gestor terá ainda a função de assessorar a prefeita e os demais gestores no planejamento e coordenação das ações, na articulação junto às instâncias estadual e federal, além da mobilização da sociedade civil organizada.

Também está  prevista a efetivação do Núcleo de Inteligência e Tecnologia, a vigilância dos logradouros públicos e o acompanhamento dos contratos de empresas prestadoras de serviços no segmento. A efetivação da pasta será ainda um mecanismo legal de captação de recursos  na Defesa Civil e municipalização do trânsito, além da fiscalização e monitoramento do transporte coletivo. O órgão vai funcionar em imóvel anexo ao quartel da PM, na entrada de Juatuba. A estrutura conta com três coordenadores de áreas. 

O Conselho Nacional de Trânsito – Contran -  divulgou nesta quarta-feira, 1º, no Diário Oficial da União resolução que estabelece os procedimentos administrativos relativos à aplicação das penalidades de suspensão e cassação da Carteira Nacional de Habilitação – CNH - nos casos de infrações. De acordo com a deliberação, o motorista  perderá o direito de dirigir  nos casos em que somar, no período de 12 meses, 20 pontos em decorrência de transgressões às leis de trânsito. A suspensão terá duração mínima de seis meses e, se houver reincidência, oito, podendo chegar a dois anos. 

Caso o infrator seja flagrado dirigindo após ter a habilitação suspensa, a penalidade aplicada será de cassação da CNH. Também está prevista a medida em situações como conduzir ou permitir que conduzam veículos em categorias diferentes  da que possui;  disputa de corrida ou promoção, em vias públicas, de competição, eventos, exibição ou demonstração de perícia em manobra de veículo sem permissão da autoridade de trânsito; quando o motorista fizer uso de veículos para demonstrar, exibir manobra perigosa ou fizer arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus. 

O Contran detalhou também as situações em que será necessário o curso de reciclagem. No caso dos condutores de veículos como caminhões, ônibus e carretas (categorias C, D ou E), foram regulamentadas as regras sobre a possibilidade de eles optarem por participar do Curso Preventivo de Reciclagem, quando atingirem 14 pontos no período de um ano.

 

Uma reivindicação antiga de moradores de Juatuba e cidades no entorno foi atendida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT. O órgão publicou no Diário Oficial da União o termo que autoriza a construção de acesso no Km 375 da BR-262, depois de um longo período de articulações da administração municipal com autoridades estaduais e federais. A proposta visa aumentar a segurança na rodovia, palco de muitos acidentes, vários deles fatais, além, também, de melhorar as condições de escoamento da produção de empresas localizadas na região. 

Para garantir o aval, representantes do Município participaram de diversas reuniões e apresentaram argumentos que comprovaram a necessidade das obras para a população e usuários da estrada. O local fica entre os bairros Dona Francisca e Veredas, onde será construído um retorno. A Prefeitura ainda não divulgou o cronograma para execução do projeto e nem detalhes como orçamento previsto. 

“É uma grande conquista e estamos muito satisfeitos, pois, trabalhamos bastante por isso. É uma maneira de garantir mais tranquilidade para a população e, ao mesmo tempo, contribuir para o desenvolvimento da cidade, visto que nossas indústrias também serão beneficiadas”, comentou a prefeita Valéria Aparecida dos Santos. 

“Curva da Galinha”

 

Outra preocupação do Executivo é com o trecho conhecido como “Curva da Galinha”, nas proximidades do Km 364 da BR-262, em Juatuba. Recentemente foi aprovada na Câmara uma lei que permitiu à administração permutar  terreno às margens da rodovia. A medida garantiu a troca de terreno, de 37 mil metros quadrados, localizado no bairro Castelo Branco, por dois imóveis, ambos de propriedade da Raja Empreendimentos Imobiliários S.A. Um deles, uma casa no Jardim Baviera, destinada a um posto de saúde. O outro, uma chácara no Jardim Califórnia, conforme a justificativa, vai viabilizar a construção de uma escola em convênio com a Secretaria de Estado da Educação. 

Ao defender a proposta, a Prefeitura alegou ainda que a permuta vai consolidar uma parceria entre as empresas Raja, Tiberina e o Consorcio Triunfo Concebra viabilizando o projeto de redução do raio da chamada "Curva da Galinha" e construção de um viaduto e uma nova entrada para o bairro Diamantina. De acordo com a assessoria de comunicação do Executivo, a proposta, que vai solucionar problemas no trânsito local, reduzindo os índices de acidentes, foi debatida em uma reunião na sede da Policia Rodoviária Federal, com a presença da prefeita. 

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE