Juatuba é contemplada por programa do governo de revitalização de escolas estaduais

0
84

Juatuba está entre os municípios beneficiados com as obras de revitalização de escolas estaduais, anunciadas pelo governador do estado, Romeu Zema, na última semana. Durante solenidade na Cidade Administrativa, que marcou o lançamento do “Programa de Revitalização de Escolas Estaduais de Minas Gerais – Mãos à obra na escola”, Zema disse que serão destinados R$ 21 milhões para intervenções em 132 instituições de ensino de 92 municípios de várias regiões do estado.

Em seu discurso, o governador destacou os esforços da Secretaria de Estado de Educação – SEE – para garantir a melhoria dos prédios que abrigam as instituições de ensino, além de fazer um agradecimento aos professores que, mesmo com dificuldades estruturais, lutam para dar ensino de qualidade aos alunos. 

“Fico extremamente satisfeito de podermos fazer essa ação, apesar da nossa dificuldade financeira, que é do conhecimento de todos. Estamos diante de um Estado praticamente falido, mas as dificuldades nos tornam mais eficientes e criativos. Só tenho a agradecer a vocês por esse empenho e por fazerem uma gestão que tenho presenciado, mesmo com a falta de recursos, instalações precárias, e muitas outras dificuldades que vocês sabem muito melhor que eu quais são”, afirmou Zema, ao relembrar as tias e a avó, que são professoras, e os anos em que se dedicou a dar aulas na universidade corporativa.

As escolas contempladas nesta primeira etapa do programa foram definidas com base em critérios técnicos de ponderação de urgência. Fazem parte dessa lista unidades que necessitam de obras emergenciais, como construção de muros, reforma de telhados, banheiros, cozinha, refeitórios, rede elétrica, reforço estrutural de salas de aula, substituição de portas, reforma geral de instalações, entre outras.

Os R$ 21 milhões que serão investidos foram disponibilizados pela Secretaria de Estado de Educação após esforços de otimização e melhoria de processos já existentes na pasta. Os recursos para a primeira fase da iniciativa já estão assegurados e serão liberados pela SEE no decorrer dos próximos quatro meses, de acordo com o governo.

O Estado informou ainda que anualmente é realizado um diagnóstico de infraestrutura escolar pelos técnicos da Secretaria de Educação e que esse levantamento, feito in loco, verifica as condições da estrutura física de cada unidade. Essas informações são cadastradas em um sistema no qual se classifica a condição geral do prédio. Com as informações obtidas nas vistorias e com base nas necessidades de cada escola, a equipe da SEE elabora um plano de atendimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui