Seminovos: saiba quando e como realizar uma revisão

0
98

Confira as dicas que preparamos para você manter seu carro sempre funcionando corretamente

Os veículos seminovos parecem ter dominado de vez os corações dos consumidores. Contudo, quem procura por um carro de segunda mão precisa ficar atento aos cuidados necessários para evitar possíveis sustos ou até mesmo prejuízos com o automóvel. Procurar um mecânico de confiança para fazer a revisão é essencial, já que, na maioria dos casos, é a inspeção que acaba revelando partes específicas que precisam ser reparadas. Pensando em te auxiliar nesse momento, a coluna SOBRE RODASdessa semana lista cinco cuidados necessários na hora de escolher um veículo seminovo.      

Atenção ao óleo e motor      

Dificilmente as pessoas se preocupam em checar as partes internas do veículo na hora de adquirir o tão sonhado automóvel. Mas, saiba que essa é uma prática que você precisa adotar o mais breve possível. Ao efetuar a compra de um seminovo, leve-o diretamente a revisão para a inspeção das peças. É nesse momento que você deve estar atento ao estado do motor e do óleo lubrificante. Se notar, por exemplo, que o nível do óleo está baixo, não o complete. O mais recomendável é fazer a troca total, pois a última revisão exercida pelo antigo dono pode ter sido há muito tempo, o que pode ocasionar problemas de lubrificação das peças ao longo prazo.  

Fluidos de arrefecimento    

E por falar em líquidos, é necessário também prestar atenção nos fluidos de arrefecimento. Observe se o mesmo está no nível correto, com etilenoglicol e sem sais minerais. Circuitos de arrefecimento com cores escuras indicam manutenção próxima. Isso pode ocorrer, pois, o antigo dono do veículo pode ter usado água de torneira como um substituto. E, um vazamento simples no radiador pode fundir por completo o motor. O recomendável é substituir o líquido a cada dois anos, porém, a checagem da cor do fluido precisa ser feita constantemente. 

Pneus

Após checar as partes internas, é hora se atentar para os itens de segurança. Comece pelos pneus! Se o veículo já possuir 50 mil quilômetros rodados, é necessário que você pergunte ao vendedor se eles já foram substituídos e se houve rodízio. Em muitos casos, os pneus aparentam estar bons vistos pelo lado de fora. Contudo, a parte de dentro dos pneus podem estar em péssimo estado de conservação. Lembre-se, a troca deve ser realizada a cada 10 mil quilômetros.  

Sistema de iluminação

Outro item que deve ser levado em conta na hora da revisão é o sistema de iluminação do veículo. Preste muita atenção quanto a luz alta, luz baixa, lanternas, setas e luz de freio. Se uma das luzes estiver queimada, vale a pena adquirir logo o par, já que a vida útil desses itens são exatamente a mesma. Então, se uma queimar, a outra deverá deixar de funcionar em breve.   

Programe suas revisões

Depois de realizar a inspeção geral do seu veículo, é hora de programar as manutenções preventivas segundo a quilometragem estipulada por cada montadora. A revisão programada pode evitar custos adicionais ao seu veículo, além de prevenir que seu carro te deixe na mão na hora que mais precisar. Nessa hora cabe prestar bastante atenção para escolher serviços de revisões com boas referências e com preços atrativos.

Clássicos: você se lembra do Renault 5?

Pouco comentado e quase desconhecido em território brasileiro, o Renault 5 foi produzido na França, entre os anos de 1972 e 1984. No país vizinho, Argentina, o modelo ainda pode ser encontrado pelas ruas por diversos motoristas. 

Minimalista e com atributos mais de entrada, o modelo recebeu uma versão esportiva turbinada nos anos de 1978 e 1983. O modelo convencional do Renault 5 possuía motor e tração na parte dianteira. Suas variantes turno, por outro lado, tinham motor central e tração traseira. A configuração única fez com que a montadora tivesse que alargar a lateral e a traseira do carro, que ganhou a inserção de um tipo de suplemento no para-lamas, o que fez o modelo “engordar”.  Recentemente um carro foi arrematado em um leilão da Bonhams por cerca por €103.500 euros, aproximadamente R$460 mil. E você? Pagaria esse valor no Renault 5? 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui