3ª edição da Femic atrai trabalhos de todo Brasil e países vizinhos

0
74

Feira de Iniciação Científica de Mateus Leme, que já é a maior de Minas, teve crescimento de 35% no número de participantes

A edição 2019 da Feira Mineira de Iniciação Científica – Femic – contará com a participação de 14 estados, dos cinco cantos do Brasil, além da Argentina e do Paraguai. Mateus Leme receberá cerca de 600 estudantes e professores da Educação básica autores de trabalhos de iniciação científica. Serão mais de 250 projetos, sendo 46 da Femic Junior, que é voltada para crianças; cerca de 120 projetos da Femic Jovem, que atende adolescentes e jovens do Ensino Fundamental e Médio; e os outros trabalhos da Femic Mais, que é formada por Professores, Pesquisadores, estudantes Universitários, orientadores, estudantes da Educação de Jovens e Adultos – EJA – e outros profissionais diversos.

De acordo com a coordenadora geral Fernanda Guedes, para 2019 a Femic focou na abrangência e excelência e por isso recebeu trabalhos de mais lugares do Brasil e ofereceu formação para que mais estudantes e professores pudessem desenvolver trabalhos cada vez melhores. “Houve um crescimento de 35% [no número de trabalhos escritos]. Hoje, a Femic é a maior feira de iniciação científica do estado de Minas Gerais, disparado, e nós estamos entre as cinco maiores feiras que acontece no país. Este ano, é a primeira vez que nós vamos receber projetos internacionais”, comentou Fernanda.

A partir do movimento pedagógico independente e multidisciplinar desenvolvido em Mateus Leme, vários estudantes já tiveram a oportunidade de criar projetos que podem transformar a vida de muitas pessoas e apresentaram suas propostas em eventos maiores, tanto em nível nacional quanto internacional.

“Mateus Leme hoje é a cidade no estado de Minas Gerais que tem mais participação de alunos em projetos de iniciação cientifica. Os projetos desenvolvidos na cidade, praticamente em todos os eventos em que são apresentados, ficam entre os melhores. Isso, envolve o trabalho em equipe, o tanto que esses projetos são relevantes para a comunidade escolar, o incentivo que esses alunos recebem”, contou a coordenadora geral da Femic.

Abrangência

Mateus Leme foi o município com o maior número de trabalhos (50), seguido por Belo Horizonte (30). De Minas Gerais, ainda vão apresentar projetos na 3ª Femic Ibirité 18, Divinópolis, Uberlândia, Betim, Santo Antônio do Amparo, Juatuba, Miraí, Prudente de Morais, Contagem, Itajubá, Ribeirão da Neves, São Sebastião da Vargem Alegre, Sete Lagoas, Baependi, Bertópolis, Coronel Fabriciano, Itabirito, Ituiutaba, Itamonte, Muriaé, Sabará, Timóteo, Viçosa e Vieiras.

Depois de Minas, o estado que mais voltou as atenções para a Feira Mineira de Iniciação Científica de Mateus Leme foi Roraima, com nove projetos que serão apresentados por Alto Alegre e três de Boa Vista. Do norte do país, também se inscreveram na Femic municípios do Pará e do Amapá. Do nordeste vão participar da Feira Científica trabalhos de Fortaleza, da Bahia, de Alagoas e Rio Grande do Norte. Da região sul, participam municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e do Paraná. O estado representante do centro-oeste é Mato Grosso do Sul. Também participa do evento o município de Jaguariúna, de São Paulo.

Organização da Femic

A Femic surgiu em 2017, com os objetivos de motivar, promover e desenvolver a educação científica nos espaços educacionais, em todos os níveis e modalidades, incentivando crianças, jovens e adultos. A Feira é uma realização da Associação Mineira de Pesquisa e Iniciação Científica – Ampic – e recebe apoio da Secretaria de Educação da Prefeitura de Mateus Leme e do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação, Meio Ambiente e Saúde – Nemas – da Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Minas Gerais – Uemg.

Na edição deste ano, a Femic recebe apoio parcial do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPQ – por meio de editais de pesquisa.

Programação

A 3ª edição da Femic será realizada de 13 a 16 de agosto, na pousada Morada do Rei, no bairro Central. Nos dias 14 e 15 de agosto, das 9 às 17h30 a Feira estará aberta à visitação pública de forma gratuita. A programação completa inclui mais 30 atividades de Ciência e Tecnologia com palestras, minicursos, oficinas e exposições. Além da presença do planetário do Projeto Móbile.

Avaliação e Premiações

Todos os projetos apresentados na Femic são avaliados por uma comissão científica formada por jurados convidados com reputação, experiência e formação acadêmica superior coerente à área científica das pesquisas. A 3ª femic entregará 90 troféus, mais de 100 medalhas, 15 bolsas de iniciação científica, 14 credenciais para feiras internacionais e 43 credenciais para feiras nacionais e estaduais. A cerimônia de premiação acontecerá no dia 16 de agosto das 12h30 às 16h30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui