A fé de Dona Albertina para superar a Covid-19

0
52

Os últimos meses de convivência e adaptação à pandemia da Covid-19 não têm sido fáceis. O distanciamento, riscos, medos, tudo influenciou a rotina de todos e, muitas vezes, foi difícil manter o otimismo. Por isso, nesta edição, o JORNAL DE JUATUBA E MATEUS decidiu trazer um pouco de esperança. Já ouvimos muitas histórias sobre pessoas que perderam a batalha, mas aquelas vencedoras nem sempre tem tanto destaque. Em julho, contamos a história de Dona Isaura, de 98 anos, que ficou internada e conseguiu superar a doença. Agora, apresentamos a história de Albertina Ramalho de Vasconcelos, de 67 anos.

Albertina é sinônimo de fé e luta. Aposentada, enfrentou a COVID-19 e, com muita persistência, venceu essa batalha. Moradora do bairro Vila Suzana, em Mateus Leme, é mãe de dois filhos, dona de casa e muito religiosa. Durante sua conversa com a reportagem fez questão de ressaltar a gratidão à Deus por ter ficado bem. E, foi nessa caminhada, com ajuda do trabalho dos profissionais de saúde do Hospital de Campanha de Mateus Leme e das preces dos amigos e familiares, que Albertina recebeu alta.

“Foi muito ruim, pensei que não ia sair dessa”, assim a dona de casa descreveu o momento em que soube que estava com a Covid-19. Mas ela não perdeu a esperança. O apoio dos filhos, que também são devotos, foi fundamental para que ela se esforçasse e voltasse para casa saudável. Albertina ficou uma semana com os sintomas antes de ser internada, na tarde do dia sete de julho, sentindo muita falta de ar e cansaço e precisou de auxílio médico. A dona de casa ficou hospitalizada por mais uma semana até receber alta.

“Meu tratamento foi muito bom no hospital de Mateus Leme. Fui muito bem cuidada e estou bem, graças à Deus. Eu tinha um quarto e banheiro só para mim. Tinha café da manhã, almoço, janta e mais um café”, contou a aposentada. Com muita felicidade, ela elogia e valoriza o trabalho dos enfermeiros do Hospital de Campanha. “Cuidaram muito bem de mim, tantos os médicos quanto as enfermeiras. Não tenho nada a reclamar! Foram os anjos que eu precisava naquele momento”, destacou.

Albertina é mais uma entre os 657 moradores de Juatuba e Mateus Leme que venceram a Covid-19. Que a história dela e de outros pacientes possa ser incentivo para mantermos o foco no distanciamento e cumprirmos as medidas de segurança rumo ao fim desta doença que já tirou tantas vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui