Bebidas alcoólicas e gás de cozinha mais caros nos municípios

0
50

Viver com um salário mínimo (R$1.100), está ficando cada vez mais difícil, tanto nas despesas diárias, quanto para quem quer se divertir no aconchego de casa ou sentar em um barzinho no “dia do pagamento”.

O Jornal de Juatuba e Mateus Leme realizou uma pesquisa dos preços das bebidas na cidade e constatou o aumento, tanto em alguns bares quanto em alguns supermercados. O que mais aumentou e variou de preço foram a cervejas 600 ml. Nos bares, em 2020, o máximo que se pagava em uma garrafa 600ml era R$10. Neste ano, as marcas mais famosas estão variando de R$13 a R$15, um aumento médio de 50%. As doses também sofreram aumento de cerca de 70%. O indicativo é que o aumento dos produtos, aliado ao tempo em que os bares ficaram fechados foram os dois fatores que jogaram os preços para cima.

Nos supermercados, as cervejas engarrafadas de 600 ml, devido à escassez das embalagens, tiveram aumento de 5% e as bebidas destiladas aumentaram em média 18%.

Gás de cozinha

Na última semana, a Petrobras aumentou o preço do gás em 6% e, com o reajuste, o valor praticado pela Petrobras irá a R$ 35,98 por 13kg. Nos postos de revendas de GLP e revendas de líquidos autorizados, em Juatuba e Mateus Leme, o botijão cheio passará a custar R$10 mais caro para os consumidores e já é encontrado com valores entre R$85 a R$92, uma variação de até 8,23%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui