Carga de 6 mil pares de calçados falsificados é interceptada em Betim

0
320

A Receita Estadual, com apoio da Polícia Rodoviária Federal, interceptou, nessa quarta-feira, 19, uma carreta carregada com seis mil pares de calçados falsificados, de diversas marcas nacionais e internacionais. A ação foi resultado de um trabalho de investigação, que começou no início deste mês. A carga saiu de Nova Serrana, mesma origem da transportadora responsável pelo veículo, com destino ao estado do Rio de Janeiro. A abordagem aconteceu na BR-381, em Betim. Por se tratar de crime de falsificação, o caso será encaminhado à Polícia Civil e à Receita Federal.

A investigação teve origem na identificação, por parte da Receita Estadual, da criação de vários Microempreendedores Individuais – MEIs –, ao longo dos primeiros dias de junho, na região do polo calçadista de Nova Serrana. Muitos deles tinham o CPF de fora de Minas Gerais, o que aguçou as suspeitas de irregularidades. Diligências também comprovaram que tais MEIs não existiam nos endereços registrados.

As suspeitas foram reforçadas com a emissão de Notas Fiscais Avulsas por esses microempreendedores, entre os dias 15 e 19 de junho, para uma mesma transportadora. A partir daí, começou o monitoramento, que culminou com a abordagem da carreta, nessa quarta-feira.

A Receita Estadual identificou 48 MEIs suspeitos. No local da abordagem, foram apresentadas 56 notas fiscais, algumas de valores irrisórios, por exemplo, um par de tênis “de marca” ao custo de R$ 10. Os destinatários das mercadorias, conforme indicado nas notas, são vários, em território fluminense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui