Cinco foram conduzidos por boca de urna em Mateus Leme

0
111

Durante a votação no último domingo, 15, as equipes da Polícia se mantiveram em alerta, com foco especial nos crimes eleitorais. Em Juatuba, nenhuma ocorrência de boca de urna foi registrada. Enquanto isso, em Mateus Leme, três registros foram feitos com cinco pessoas conduzidas à delegacia. A boca de urna se refere à distribuição ou veiculação de propaganda política no dia da eleição, sendo considerada um delito eleitoral no Brasil, pois tratar-se de um “aliciamento de eleitores”.

O tenente Renato Alves, comandante do 3º Pelotão de Juatuba explicou que não foram registradas ocorrências de relevância na cidade. Ele considera que a tranquilidade durante o processo eleitoral se deu graças a contribuição do reforço policial recebida pelo município. A preparação dos militares feita especialmente para o pleito também foi um diferencial. Eles se reuniram com o comandante da 7ª Cia Independente de Igarapé, tenente coronel Itabirano, com o chefe do cartório eleitoral da 172ª zona eleitoral, Robson Batista e com o juiz eleitoral Eudas Botelho, que esclareceu pontos relevantes da legislação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui