Descaso com imóveis do município é tema de debate na Câmara de Juatuba

0
31

Essa semana, o vereador Wellington Pinheiro, utilizou a tribuna para chamar a atenção do executivo para o número de imóveis públicos que estão abandonados ou em situação irregular em Juatuba.

O parlamentar usou como exemplo o antigo posto de saúde, no bairro Coqueiro Verde, na região de Francelinos, que atualmente está fechado, mas que, há pouco tempo, exibia em sua fachada uma placa de “vende-se”.

Wellington disse que o fato chamou sua atenção e ele procurou pela documentação do imóvel. “Encontrei um decreto de desapropriação amigável do ano de 1986, deixando evidente a falta de responsabilidade com a propriedade do município, já que o espaço poderia estar sendo utilizado para atender a população.  

O parlamentar ainda afirmou que casos como este são comuns na cidade, já que outros espaços seguem na mesma situação, como é o caso da quadra de esportes do bairro Nova 1 e do Estádio Municipal Antônio Moreira Duarte – Curumim. “É um grande problema na cidade que não tem sido levado a sério pelas administrações que se revezam em nosso município”, exclamou.

Além do abandono, o vereador ressaltou que a falta de conhecimento do executivo sobre a real situação dos imóveis tem trazido prejuízos a cidade. “Nós não sabemos onde está localizada a maioria desses imóveis. E aqueles que são conhecidos, estão com a documentação irregular e, por isso nós não conseguimos acessá-los”, explicou.

Ainda segundo Wellington, um projeto de lei foi apresentado ano passado, a fim de fiscalizar os imóveis de propriedade do município, por meio da criação de uma comissão especial de defesa do patrimônio público. “Este projeto não obteve aceitação por parte desta câmara, mas é preciso que a prefeitura tenha uma atenção especial com o tema, priorize a regulamentação dos imóveis e designe uma pessoa responsável para cuidar disso. O que vemos na cidade hoje é descaso com o nosso patrimônio”, finalizou.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui