Dr. Renilton acusa jornal de propagar “fake news”

0
347

Nesta semana, o JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME foi surpreendido com o recebimento de uma representação feita pelo médico Renilton Ribeiro Coelho, que acionou a Justiça Eleitoral sob alegação de divulgação de fatos inverídicos a seu respeito, as quais considerou uma campanha negativa à sua intenção de candidatar a prefeito de Mateus Leme.

Conforme é de direito, o jornal já providenciou sua defesa, mas vem a público manifestar repúdio pela atitude do médico de tentar desqualificar o trabalho sério e isento que este veículo vem fazendo na região há mais de 10 anos. Em seu requerimento, Renilton não aponta quais os supostos erros contidos na matéria do jornal, a qual ele descreve como “fake news”.

Primeiro, cabe lembrar que fake news é um termo usado para referir-se a falsas informações divulgadas, principalmente, em redes sociais. Porém, o texto aqui publicado nada mais é do uma narração de informações verídicas e de alcance público. Os processos listados na matéria e que têm relação com o médico, estão abertos no site do Tribunal de Justiça para consulta de qualquer pessoa que por eles se interesse. A reportagem também não faz juízo de valor sobre Renilton que, na representação se nomeia pré-candidato. Em momento algum, foram feitas acusações a ele, portanto, não existiu propaganda negativa. E como cidadão, principalmente que almeja a função pública e o cargo de prefeito, Renilton sabe que a verdade não pode ser considerada negativa, em nenhuma circunstância. Todos os dados e informações que constam da matéria são verdadeiros e, a direção do jornal também esclarece que foi dado o direito a manifestação de Renilton sobre as acusações, antes da publicação, e que ele preferiu não comentar.

Por fim, o JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME reafirma seu compromisso de trabalhar com imparcialidade, responsabilidade e lealdade aos fatos narrados, dando voz às comunidades dos dois municípios onde circula e prezando sempre pela liberdade de expressão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui