Estudantes definem propostas para apresentar na Plenária Municipal do Parlamento Jovem

0
140

Em Juatuba, os estudantes que estão participando da edição 2019 do programa Parlamento Jovem de Minas, começaram a elaborar, nessa semana, as propostas de lei para o tema de discussão deste ano, que é a discriminação étnico-racial. Para isso, os participantes do programa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG –, desenvolvido em parceria com o Legislativo de Juatuba, contaram com uma palestra ministrada pela redatora da Câmara de Belo Horizonte, Giovanna Rodriguez.

As propostas elaboradas pelos estudantes serão entregues aos vereadores na Plenária Municipal, que será realizada no dia 23 de junho. No mês de agosto, os estudantes vão para etapa regional, em Belo horizonte.

O Parlamento Jovem visa a formação política dos estudantes do ensino médio das cidades mineiras, criando oportunidades para que eles possam conhecer melhor a política e os instrumentos de participação no Poder Legislativo municipal e estadual. A cada ano, os jovens escolhem um tema de relevância social e vivenciam atividades de estudo, debates e deliberação que contribuam para a formação política.

Tendo em vista a complexidade do tema deste ano, a Coordenação Estadual do PJ Minas definiu três subtemas para orientar os estudos e as pesquisas que embasarão as oficinas temáticas realizadas com os jovens: “Desigualdades socioeconômicas”, “Violências por motivo étnico-racial” e “Direitos às identidades e à diversidade cultural”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui