Homem é preso após deixar cachorro amarrado para morrer em Mateus Leme

0
44

Mais um caso de maus-tratos a animais trouxe revolta aos moradores de Mateus Leme e região. Um homem de 45 anos foi preso sob suspeita de ter amarrado um cão com a intenção de deixá-lo para morrer. Ele foi detido após a Polícia Civil ter recebido denúncia anônima. O suspeito foi autuado por maus-tratos qualificado e levado a um presídio.

De acordo com a delegada Lígia Mantovani, investigadores do município foram até o endereço indicado na denúncia e encontraram o animal amarrado em um chiqueiro, sem água e alimento, em local desprotegido do sol. O cão já estava muito fraco, com carrapatos, pulgas, dentes quebrados e podres. Ainda segundo relato dos policiais, o animal apresentava feridas, secreções e mau cheiro semelhante ao de um corpo em decomposição.

A delegada destacou ainda que a prisão preventiva do homem só foi possível graças à mudança na legislação, que autoriza a detenção em flagrante de quem comete o crime de maus-tratos contra cães e gatos. Com a alteração da lei, datada de setembro de 2020, a pena também foi aumentada para até cinco anos de reclusão.

Já na delegacia, o homem alegou que o cachorro chorava e gemia, mas que não o ajudava. Após ser resgatado, o animal ficou provisoriamente sob cuidados de um tutor até se recuperar e poder encontrar um novo lar. “A Polícia Civil não compactua com a prática de crimes em desfavor de animais e está atenta às denúncias para atuar imediatamente na salvaguarda”, reforçou Lígia.

Precedentes

Em outubro do ano passado, a Polícia Civil de Mateus Leme prendeu em flagrante uma mulher de 49 anos que matou um gato a pauladas. A suspeita confessou o crime sob alegação de que o animal estava doente. Esse foi a primeira ocorrência registrada em Mateus Leme já sob incidência da nova lei de maus-tratos. De acordo com informações da Polícia Civil, as equipes foram até a casa da suspeita e lá foi constatado que ela possuía outros animais, que viviam em condições insalubres. Sobre o crime, a mulher afirmou que levou o gato até um terreno vizinho e o assassinou. Depois disso, descartou o animal em uma sacola de lixo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui