Investimentos de R$ 500 milhões em nova fábrica da Fiat vai beneficiar Mateus Leme

0
134

Município é polo do setor automobilístico, que deve gerar 1,2 mil empregos entre a montadora e fornecedores específicos de componentes

A Fiat Chrysler Automobiles – FCA – anunciou nessa quarta-feira, 22, que vai instalar uma nova fábrica de motores em Betim. Segundo a empresa, serão investidos R$ 500 milhões e a expectativa é que a planta seja o maior polo produtor de motores da América Latina, com capacidade para 1,3 milhão de unidades por ano, gerando 1,2 mil empregos entre a montadora e fornecedores específicos de componentes, o que beneficiará diretamente a região.   

A nova linha será instalada ao lado do prédio onde já funciona a fábrica de motores aspirados e terá alto grau de automação, operando com máquinas dotadas de inteligência artificial.

“Nós estamos vendo com ótimos olhos essa questão, porque aqui em Mateus Leme, apesar da atual administração vir trabalhando na questão da diversificação da mão de obra, tradicionalmente, aqui existem muitas empresas ligadas ao setor automobilístico. Então, a partir do momento que existe esse investimento de R$ 500 milhões lá, isso certamente vai refletir nos municípios vizinhos, inclusive Mateus Leme, que é um grande polo do setor automobilístico”, comentou à reportagem o secretário municipal de Administração de Mateus Leme, José Marcus Diniz Ferreira Júnior.

O anúncio da expansão da empresa em Betim foi feito pelo presidente mundial da FCA, Mike Manley, em sua primeira visita ao país, após assumir o cargo, no ano passado. Os motores fabricados serão flex, modelos GSE 1.0 Turbo (3 cilindros) e o 1.3 Turbo (4 cilindros), para operar simultaneamente com etanol e gasolina.

No Brasil como um todo, incluindo as outras plantas da Fiat, como a de Pernambuco, o plano de investimento para 2018-2024 e de R$ 16 bilhões. Nesse período, a montadora pretende lançar 15 novos modelos, incluindo o esperado SUV da Fiat, inspirado na picape Toro. (ANSA)

“Esse investimento faz parte de um plano maior que vai até 2024 e prevê 25 lançamentos (de veículos)”, afirma Manley. Entre eles estão previstos dois utilitários esportivos (SUV) da Fiat. O investimento está inserido no plano de R$ 16 bilhões previstos pelo grupo entre 2018 e 2024. Quando anunciou o plano, no ano passado, o presidente da FCA para a América Latina, Antônio Filosa, informou que seriam R$ 14 bilhões até 2023, mas houve mudanças.

Dos R$ 16 bilhões, R$ 8,5 bilhões estão sendo gastos na fábrica de Betim e o restante na fábrica de Goiana (PE), onde são produzidos os modelos da Jeep (os SUVs Renegade e Compass) e a picape Fiat Toro.

Ainda segundo Manley, boa parte dos novos motores será exportada para a Europa. Hoje, a FCA produz esse tipo de propulsor apenas na China e na Polônia. A capacidade da linha brasileira inicialmente será de 100 mil unidades ao ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui