Juatuba apresenta propostas para a Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente

0
60

As Conferências Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente realizadas em 2018 discutiram e definiram ações e metas a serem cumpridas pelo Poder Executivo com o propósito de sanar problemas que possam impactar a vida dos jovens. Este mês, tiveram início as Conferências Estaduais, que estão sendo realizadas em duas etapas, por videoconferência, de 15 a 25 de julho, e presencial que acontece no mês que vem, em Belo Horizonte.

Na Conferência Municipal realizada por Juatuba no ano passado, por exemplo, cerca de 100 representantes governamentais estiveram presentes, avaliando os principais problemas locais enfrentados pelos jovens e levando propostas que resolvam essas demandas para a Conferência Estadual.

Juatuba

Em Juatuba, a V Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente foi realizada em outubro do ano passado. Os representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA – de Juatuba participaram da videoconferência da primeira etapa do encontro estadual em Divinópolis.

Para a etapa presencial, em agosto, entre as propostas que Juatuba apresentará, estão a garantia dos direitos e políticas públicas integradas de inclusão social; prevenção e enfrentamento da violência, além do controle social das políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

A vice-presidente do CMDCA (Conselho Municipal da Criança e do Adolescente) de Juatuba, Luana Cristina da Costa Silva, espera que as propostas apresentadas na etapa estadual sejam adotadas à nível nacional. Segundo ela, é muito importante a participação dos adolescentes, crianças, rede de atendimento e usuários. “Nossa expectativa é de participação e efetivação das propostas levantadas, para isso, Juatuba levará três delegados, representando governo, sociedade civil e o Conselho Tutelar para a etapa estadual da Conferência”.

Mateus Leme

A reportagem entrou em contato com a Assistência Social de Mateus Leme, que informou não ter realizado a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente em 2018. Segundo o regulamento da Conferência, somente podem participar da fase estadual os municípios que realizaram a etapa municipal e intermunicipal até abril de 2019. Por esse motivo, a cidade de Mateus Leme ficou de fora esse ano da Conferência Estadual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui