Juatuba registra 30 incêndios nos últimos quatro meses

0
198

Número pode ser menor que 2019, mas ainda é necessário ficar alerta

O Brasil ficou apreensivo diante das queimadas no Pantanal nos últimos dias, entretanto, os focos de incêndio cresceram em todas as regiões, aumentando a sensação de tempo seco, prejudicando a respiração e aumentando a incidência de doenças respiratórias. Entre maio e setembro deste ano, Juatuba registrou 30 ocorrências de incêndios, número menor que o período de maio a novembro de 2019, quando foram registradas 48 ocorrências. Porém, a queda não é motivo de tranquilidade, pois, o sinal de alerta permanece porque a região passa por períodos históricos de calor.

Mateus Leme também deve registrar queda no total de queimadas. Em 2020, de acordo com registros do 6° Pelotão de Bombeiros, apenas sete ocorrências foram atendidas no período de maio a setembro, enquanto no ano passado, entre os meses de maio a novembro, 18 focos de incêndio foram registrados. Os números deste ano se aproximam com as estatísticas de 2018, quando foram catalogadas 25 ocorrências de focos de incêndio em Juatuba (de maio e novembro) e oito incidentes em Mateus Leme também no mesmo período.

Mesmo com a diminuição nos números, o sinal de alerta também permanece. A queda da umidade relativa do ar, chegando à 11% em algumas partes de Minas Gerais, e as altas temperaturas, com cidades mineiras registrando mais de 40° C, favorecem para que incêndios se alastrem. Por isso, é necessário sempre estar em alerta e comunicar as autoridades.

O tenente Jamilson Reis, comandante do 6° Pelotão, relata que o serviço não se restringe apenas às queimadas na cidade. “Nosso pelotão atende Juatuba, Florestal, Mateus Leme, São Joaquim de Bicas e Igarapé. São estas as cidades que compõem a nossa área de atuação. No entanto, também atendemos ocorrências em Betim, Contagem, Ibirité, Esmeraldas e outras cidades”, relata o oficial. O telefone de contato do 6° PBM é (31) 3535- 7428 e o número de emergência é 193.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui