Margens do Rio Paraopeba, entre Betim e Juatuba, serão reflorestadas

0
60

A Prefeitura de Betim iniciou neste mês o plantio de mais de 22 mil mudas de árvores às margens do Rio Paraopeba. A iniciativa tem como objetivo contribuir para recuperação de trechos do rio, afetado pelo rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, em janeiro do ano passado. A ação está sendo realizada na Área de Preservação Permanente (APP) do rio Paraopeba, localizada no bairro Charneca, tendo como referência a ponte que faz a divisa entre Betim e Juatuba, na BR–262.

O plantio está previsto no Plano Municipal de Arborização, por meio de compensações ambientais determinadas pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Ambiental do Município de Betim (Codema), que exige, dentro da deliberação normativa, que, para cada espécie suprimida, três outras sejam plantadas. O requerente fica ainda responsável pelo plantio e monitoramento das mudas, pelo período equivalente a 18 meses. Além de não gerar custo para o município, a iniciativa preserva os recursos ambientais e assegura o bem-estar da população.

Ao todo, 60 mil mudas serão plantadas em toda a cidade até o fim de março. “É o primeiro passo. Vamos garantir esse plantio de mudas de espécies nativas de rápido crescimento para auxiliar na formação de um ambiente da floresta inicial; o impacto ambiental foi gigante, mas estamos trabalhando para a preservação da fauna, da flora e, principalmente, da qualidade da água do rio”, ressaltou o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Betim e presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Paraopeba, Ednard Tolomeu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui