Mateus Leme inaugura núcleo de apoio à mulher vítima de violência

0
150

Iniciativa da Prefeitura de Mateus Leme funcionará no CREAS e dará suporte jurídico e psicológico às vítimas

A luta para redução dos crimes de violência contra a mulher ganhou mais um importante aliado em Mateus Leme. Foi inaugurado nesta sexta-feira, 07, o Núcleo Especializado em Atenção a Mulher Vítima de Violência. O novo espaço será multidisciplinar e oferecerá apoio em diversas frentes para as mateuslemenses que precisarem de apoio.

A violência contra a mulher já foi tema de inúmeras reportagens aqui do JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME. É um assunto que merece destaque e a preocupação de toda a sociedade. Até o mês de julho, foram registradas em Mateus Leme 169 ocorrências de diferentes tipos de violência doméstica. Esse número representa um aumento de 15% em relação a 2019, quando no mesmo período, de janeiro a julho, foram registrados 147 casos.

O núcleo criado pela Prefeitura de Mateus Leme funcionará na sede do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) na região central da cidade. A equipe acolherá as mulheres, oferecendo amparo jurídico e assistencial por meio dos profissionais da Secretaria de Assistência Social. De posse das informações para denúncia, essa equipe encaminhará o caso para os órgãos competentes, como a Polícia Civil.

O prefeito Júlio Fares falou sobre essa conquista para o município, que trará mais segurança e amparo para realização das denúncias. “É absurdo pensarmos que, em pleno século XXI, as mulheres continuam sendo vítimas de todo o tipo de violência, seja ela, física, moral, intelectual ou sexual. E, para que essas mulheres tenham sua dignidade preservada, estamos inaugurando esse núcleo, onde elas terão profissionais capacitados para poder ouvi-las e denunciar essas agressões”, destacou.

A delegada de Mateus Leme, Lígia Mantovani, acredita que nem sempre o aumento nos números significa algo ruim. No caso da violência contra a mulher, eles podem representar o crescimento no número de denúncias, fruto das inúmeras campanhas de alerta e conscientização feitas pelos órgãos de segurança pública. Sobre a criação do núcleo, a responsável pela delegacia do município diz que será um reforço relevante para o trabalho da polícia. “A criação do núcleo é muito importante e vai contribuir no amparo das mulheres vítimas de violência doméstica. A Polícia Civil possui uma parceria com toda a rede de proteção à mulher. Tão logo aporte denúncia de violência doméstica, a equipe policial de pronto faz a averiguação e posterior instauração do procedimento. Igualmente, o expediente de medida protetiva é prioridade na delegacia. O núcleo veio para somar e aprimorar ainda mais a rede de proteção”, explicou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui