Mesmo com ações de combate e prevenção, incidência de dengue continua muito alta

0
162

Juatuba e Mateus Leme continuam com a incidência muito alta de casos de dengue. De acordo com o último boletim epidemiológico de monitoramento dos casos de dengue, chikungunya e zika vírus divulgado nessa segunda-feira, 03, pela Secretaria de Estado de Saúde, embora os municípios tenham investido em ações de combate e prevenção, chegando a diminuir os índices em alguns períodos, continuam na zona vermelha.

O boletim apresenta a distribuição de casos prováveis de dengue por município nas quatro últimas semanas epidemiológicas, de 28 de abril a 25 de maio. Juatuba e Mateus Leme estão entre os 175 municípios com incidência muito alta de casos prováveis de dengue, 76 apresentam incidência alta e 169 municípios com média incidência, 257 municípios estão com baixa incidência e 176 municípios estão sem registro de casos prováveis.

Só em maio, Mateus Leme apresentou 467 casos prováveis de dengue, apesar da grande quantidade, houve redução no comparativo com abril, quando foram 654. Juatuba teve uma redução significativa no comparativo com o mês anterior. Em maio, foram registrados apenas 51 casos, enquanto que em abril foram 288.

Em Juatuba, o mês mais crítico foi março, com registro de 801 casos prováveis, enquanto Mateus Leme teve 278 nesse período. Em fevereiro foram 130 em Juatuba e 21 em Mateus Leme e em janeiro 17 em Juatuba e apenas 04 em Mateus Leme. Juatuba ainda teve 04 casos suspeitos de zika vírus e 01 de chikungunya. Mateus Leme teve 02 casos suspeitos de zika vírus e 04 de chikungunya.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui