Operação do Ministério Público contra tráfico de animais silvestres cumpre mandados em Juatuba

0
83

O Ministério Público de Minas Gerais realizou a prisão de 15 pessoas durante a segunda fase da operação “Libertas”, que atua no combate ao tráfico de animais silvestres na Zona da Mata, Região Metropolitana e Central do estado, Centro-Oeste, Sul de Minas Gerais e no estado do Rio de Janeiro. Não foram informadas as cidades onde ocorreram as prisões, mas 26 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Santa Luzia, Belo Horizonte, Ribeirão das Neves, Contagem, Sabará, Vespasiano, Juatuba, Paraopeba, Carandaí, Campo Belo, Perdigão, Viçosa, Rio de Janeiro e Itaguaí (RJ). Além das prisões, foram recuperados 142 pássaros, alguns com anilhas adulteradas. Também foram apreendidas gaiolas, alçapões, 25 celulares, três notebooks e um pendrive. ´

Através da Operação “Libertas”, o MP identificou um grupo de apanhadores e comerciantes ilegais de pássaros silvestres com base em Santa Luzia com mais de 300 membros. Essa associação fazia encomendas e negociações dos animais ilegalmente por meio de aplicativo para celular. A primeira fase ocorreu em abril de 2019 com foco nos municípios de Santa Luzia, Belo Horizonte e Ribeirão das Neves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui