‘Outubro Rosa’ será mais modesto e sem eventos neste ano

0
179

Você já deve ter visto monumentos iluminados de rosa ou pessoas usando um lacinho feito de fita cor de rosa na blusa: esses são sinais que o Outubro Rosa chegou. A campanha, sempre realizada em outubro, acontece em vários países e procura conscientizar sobre a prevenção ao câncer de mama.

O câncer de mama é um dos três tipos de câncer com maior incidência no mundo, ao lado dos cânceres de pulmão e o colorretal. Por ano, há uma média de 2 milhões de casos da doença diagnosticados no planeta. No Brasil, os números também são grandes. O Instituto Nacional do Câncer estima que, de 2020 a 2022, sejam diagnosticados anualmente 66.280 novos casos de câncer de mama, isso significa que, a cada 100 mil mulheres, 62 terão a doença.

De acordo com o secretário de saúde de Mateus Leme, Rafael Augusto, a campanha na cidade será mais contida neste ano em razão da pandemia. Os profissionais da pasta farão abordagens educativas e apresentarão os serviços oferecidos para prevenção no município. E a prevenção é o foco principal da campanha.

Segundo o Instituto Oncoguia, diagnosticar o câncer precocemente aumenta significantemente as chances de cura, 95% dos casos identificados em estágio inicial têm possibilidade de cura. Por isso, a mamografia é imprescindível, sendo o principal método para o rastreamento da doença.

Mateus Leme não conta com mamógrafo, mas as mulheres, quando encaminhadas pelo médico para o exame, o fazem em municípios vizinhos com os quais há convênio ou portaria que determina a parceria. De 2017 a 2020 foram realizadas 1.367 mamografias em moradoras da cidade, 328 só neste ano, mesmo com a redução dos atendimentos. No ano passado foram 459 exames.

Cuidados

O Outubro Rosa sempre bate na tecla do diagnóstico precoce, porque quanto mais cedo a doença for detectada, maiores são as chances de cura. Antes de tudo, é sempre bom lembrar que o estilo de vida também pode favorecer, ou não, o aparecimento do câncer. Excesso de peso corporal, sedentarismo, consumo de cigarros e álcool e terapia de reposição hormonal são alguns dos fatores que podem propiciar o câncer de mama.

Por isso, é importante ter uma dieta balanceada, rica em frutas e vegetais e com pouca gordura, e praticar atividades regulares, pelo menos por uma hora em três dias por semana.

Para saber se há algo de errado com sua saúde, é possível fazer o autoexame, tocando os seios e axilas em busca de alguma alteração. Alguns dos sintomas que podem ser detectados são nódulos nas mamas ou nas axilas, inchaço de toda ou parte de uma mama, mesmo que não se sinta um nódulo, edema ou vermelhidão) na pele, inversão do mamilo, assimetria das mamas, espessamento ou retração da pele ou do mamilo, secreção pelos mamilos, inchaço do braço e dor na mama ou mamilo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui