PM adere ao “Setembro Amarelo” com palestras sobre a saúde mental

0
61

Durante o mês de setembro diversos segmentos da sociedade se mobilizaram para discutir a saúde mental durante a campanha “Setembro Amarelo” de prevenção ao suicídio. A 7ª Cia de Polícia Militar não fez diferente e reuniu os militares em palestras de debate das condições de saúde dos policiais e como a depressão impacta a vida em família, o trabalho e o bem-estar.

Foram dois eventos transmitidos virtualmente ao público, um sobre a saúde mental do policial militar e outro sobre depressão, ansiedade e família. Para o tenente Hugo Magalhães, comandante do pelotão da Polícia Militar de Mateus Leme, a discussão é muito importante, principalmente neste momento de pandemia. “A Polícia Militar está à frente de tudo que acontece neste país e com a pandemia não foi diferente. Em um primeiro momento, assim como toda a sociedade, fomos impactados por um certo temor do que poderia acontecer, mas nosso serviço continuou sendo prestado normalmente”, explicou o tenente. “A medida que as coisas foram acontecendo, foram chegando mais ou menos no eixo, nós também acompanhamos isso e tomando os cuidados adotados desde sempre, como uso de máscara, álcool gel. Foi preciso foco em nossa missão de zelar pela segurança”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui