Polícia Militar troca comando em Juatuba e Mateus Leme

0
94

A partir desta segunda-feira, 29, o 3º Pelotão de Polícia Militar responsável pelos municípios de Juatuba e Florestal terá novo comandante. O 1º tenente Renato Alves vai para a equipe de Betim e será substituído pelo Tenente Thiago Moreira.

Em entrevista ao Jornal de Juatuba e Mateus Leme, Renato Alves relembrou sua vinda para o comando do 3º Pelotão e os desafios enfrentados. “Tivemos que prover a segurança pública em uma cidade relativamente pequena, mas com características de metrópole e não foi fácil potencializar a prevenção e repressão criminal. Temos consciência que fizemos um excelente trabalho, pois reduzimos, de forma exponencial, a criminalidade em Juatuba com índices históricos. Também desmantelamos várias facções criminosas com o trabalho de prevenção e repressão qualificada, mesmo diante das adversidades”, pontua.

Um dos responsáveis pela aquisição do terreno para construção do novo quartel, conquista significativa para a comunidade da região, tenente Renato salienta como destaques de sua passagem pelo 3º Pelotão, diversos projetos como o “Escola Segura”, com a realização de palestras nas instituições de nível fundamental e médio e o “Esca Adsumus”, em parceria com o Poder Judiciário da Comarca de Mateus Leme e Ministério Público, para monitoramento de menores infratores que estão sendo acompanhados pela Justiça, Conselho Tutelar e CREAS de Juatuba.

Muito além do trabalho em prol da segurança pública, sob o comando do tenente Renato Alves, o 3º Pelotão trouxe alegria para as crianças de Juatuba com o “Noel Adsumus”, que, em conjunto com o Programa Criança Feliz, assistiu menores em situação de vulnerabilidade social. “Tivemos a oportunidade de proporcionar um Natal diferente para muitas famílias com a entrega de cestas e presentes para as crianças.

Parceria

Outras ações que marcaram a presença da Polícia Militar na cidade sob o comando do tenente Renato Alves foram as redes de proteção preventiva, para proibir atitudes criminosas na zona urbana e rural, além de diversas ações como Limpidus; Domini Legis; Operação Captura, Obsidio; Imperius Legis; Decênio Legis e Viribus Legis, que retiraram diversos criminosos das ruas, apreenderam grande quantidade de drogas e armas e repreenderam o crime organizado, deixando as cidades abrangidas pelo comando, mais seguras.

Apoio à sociedade

Um dos episódios de maior repercussão no 3º Pelotão durante o comando do tenente Renato Alves foi o rompimento da Barragem da Vale em Brumadinho. “No dia estava em serviço e tivemos que retirar muitos cidadãos ribeirinhos de suas casas, pois não sabíamos a proporção da tragédia e se ela afetaria de forma catastrófica nossa cidade”. O militar lembra ainda do apoio da corporação durante as enchentes de 2019. “Sem dúvida, essas foram as ocorrências atípicas e marcantes. Mesmo assim, a mais difícil e que infelizmente ainda estamos enfrentando é a pandemia, que representa um grande desafio para a segurança pública, sobretudo pelo impacto na saúde pública e economia de todo o país”, finaliza.

Mateus Leme

O 4º Pelotão da Polícia Militar de Mateus Leme também terá novo comandante. O tenente Hugo Magalhães vai para a equipe do Tático Móvel de Ribeirão das Neves e, em seu lugar, assumirá o comando interinamente o tenente Thiago Moreira, que também é natural de Mateus Leme.

À reportagem do Jornal de Juatuba e Mateus Leme, tenente Hugo que está há quatro anos na função, agradeceu o esforço de todos os militares da corporação, afirmando que foi graças ao comprometimento de todos que foi possível fazer um ótimo trabalho na segurança pública de Mateus Leme. “Foi um período de muitos desafios, mas junto da equipe, tive a confiança da minha tropa, servi de alicerce e ofereci o respaldo que eles precisavam para atuar. Quando cheguei, eu vi um cenário em que era necessário atuar de forma mais firme; isso foi feito e a cidade sentiu esse reflexo”, relembra.

Tenente Hugo destaca ainda a redução significativa dos índices de criminalidade e salienta que nos últimos dois anos, Mateus Leme se tornou referência na queda dos crimes. O militar foi um dos responsáveis pela criação do projeto “Esca” em parceria com a juíza Karina Tanure, além de outros projetos sociais e participou ativamente das negociações que culminaram com a instalação de grades nas agências bancárias do município, para evitar assaltos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui