Reginaldo Teixeira é alvo de outra acusação de tentativa de homicídio

0
839

Permanece detido Reginaldo Teixeira, vereador de Mateus Leme, preso durante operação no último dia 23. Na ocasião, a suspeita era de que ele estaria envolvido em três homicídios, alguns relacionados ao tráfico de drogas. Um dos inquéritos foi concluído o que resultou na prisão preventiva dele na data. Agora, Reginaldo é acusado em mais um inquérito, desta vez por uma tentativa de homicídio em 2007.

Anteriormente, o vereador estava sendo ligado a três mortes, uma em dezembro de 2004 e outra em julho de 2008, e ambas teriam ligação com o tráfico; e a terceira, em maio de 2019, no qual um motorista da prefeitura, que seria cabo eleitoral do vereador, foi a vítima, teria motivação política, e a motivação teria sido “queima de arquivo”.

De acordo com informações da Polícia Civil de Mateus Leme, no novo inquérito já finalizado, Reginaldo é apontado como autor da tentativa de assassinato, pois atuaria como justiceiro na cidade.

Outras investigações seguem em andamento com suspeita de participação de Reginaldo. Na data da prisão do suspeito, a delegada responsável pelo caso, Lígia Mantovani, destacou que a apuração dos fatos foi difícil, uma vez que as testemunhas tinham medo de se pronunciar e sofrer retaliações. Os crimes tiveram o mesmo modo de agir, o que indica que a autoria seja a mesma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui