Sem ocorrências policiais, carnaval de Mateus Leme atrai 16 mil foliões

0
214

A promessa de um carnaval em família e tranquilo foi cumprida pela Polícia Militar, Executivo e os 16 mil foliões que estiveram nos quatro dias de festa em Mateus Leme. De acordo com a PM, não foram registradas ocorrências de furto ou roubo no município durante o feriado prolongado, devido ao esquema tático montado pela corporação. Os números da festa também são positivos para a economia da cidade, uma vez que, segundo a Prefeitura, houve um grande número de turistas e uma movimentação significativa no comércio local.

Em comparação aos anos anteriores, o número de foliões na festa permanece o mesmo, todavia, a segurança pública foi reforçada. A guarnição recebeu reforços de cidades vizinhas e nas ruas estavam mais de 40 policiais destacados, além de cinquenta outros profissionais da área, devidamente habilitados e 10 brigadistas civis, que contribuíram para aumentar a sensação de proteção da população e turistas. Conforme já havia dito o comandante do batalhão, Hugo Magalhães, ao Jornal de Juatuba e Mateus Leme, houve revistas em todas as entradas da área da festa, com a permissão de bebidas, desde que não estivessem em objetos de vidro.

Foto: Polícia Militar

“Na área do evento foram registrados apenas ocorrências de pequenas brigas, contudo, rapidamente apartadas pelos militares de serviço e fruto de antigas rixas entre as partes envolvidas. Ainda assim, este número foi extremamente reduzido. O esquema de segurança executado em nossa cidade, que tornou-se referência pela efetividade, é diretamente responsável por tais resultados e vai ser melhorado a cada evento para que possamos sempre comemorar resultados como estes”, afirma o Tenente Hugo Magalhães.

O Executivo também colocou fiscais nas ruas para coibir o comércio irregular na área do evento e fiscalizar quanto à venda de materiais, já que objetos cortantes e perfurantes, como espetos de churrascos, além da comercialização, distribuição e uso de serpentinas metalizadas e similares estavam proibidos.

A organização da festa foi aprovada por muitos, como é o caso da Fernanda Oliveira, que veio de Sarzedo curtir o carnaval com a família. “Se fosse realizada uma pesquisa de opinião na cidade, eu afirmaria, com certeza, que mais de 90% dos foliões aprovaram o carnaval de Mateus Leme e voltam no próximo ano, como é o meu caso”, disse.

Segundo o secretário de cultura, Jonas Soares, a troca do palco para as proximidades do prédio da prefeitura e a instalação de tendas como abrigo das chuvas, contribuiu para que as pessoas tivessem mais comodidade para apreciar a festa. “A tranquilidade do carnaval foi essencial para, mais uma vez, reafirmar que é uma comemoração para a família mateuslemense, independente da idade de quem está na folia. Tudo isso é muito importante para, primeiramente, projetarmos o nome do nosso município no setor turístico, e para movimentar mais dinheiro no comércio da cidade”, afirma.

Economia

De acordo com a Prefeitura, cerca de 100 pessoas empreenderam diretamente no período carnavalesco, além das dezenas de trabalhos indiretos gerados nos quatro dias de festa. Por todo espaço era visível o grande número de comerciantes de comidas e bebidas. “Nossa expectativa foi superada. Conseguimos melhorar a estrutura da festa, deixando-a mais agradável a todos, com as ruas mais limpas, segurança mais robusta e, principalmente, a mobilidade mais fluida”, explica o secretário de administração, Humberto dos Santos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui