Vereadores criticam postura do Executivo junto à Câmara

0
108

O vereador Elton dos Reis criticou duramente a postura do Executivo na reunião ordinária dessa semana. O parlamentar chegou a falar em perseguição política e disse que a administração precisa mudar de atitude em relação as demandas apresentadas pelo Legislativo. Elton relatou que no último dia 10 enviou quatro ofícios ao Executivo e teve retorno apenas de um.

“Eu tive que redirecionar ofício para outros secretários porque não fui atendido. Eu não estou aqui para pedir para mim. Eu sou um vereador presente em todos os bairros, assim como outros vereadores, todo mundo sabe disso. Eu trago demandas de toda a população. Nós estamos lutando, mas parece que falta um pouco de entendimento do papel do vereador de trazer as demandas dos moradores. […]Os meus votos foram legítimos. Eu sou um representante legítimo, então peço respeito do Executivo”, declarou o vereador Elton dos Reis, que ainda acrescentou que a Prefeitura não está fornecendo as informações solicitadas pelo Legislativo.

O presidente da Casa, Jurandir Santos, também criticou a postura do Executivo em relação ao trabalho dos vereadores. “Eu fiz uma indicação para o Quintas da Boa Vista. A varrição era realizada uma vez por semana lá. Depois do novo contrato, não apareceu mais ninguém para fazer a varrição das ruas, que estão muito sujas. Então, solicitei que fosse realizado o serviço de limpeza das ruas uma vez por semana, mas até agora não me responderam. Nós ficamos sem saber o que fazer, porque a população nos procura e quer retorno. Quem perde é a população. Não adianta protocolarmos pedidos e o Executivo não atender. Queria que o Executivo tivesse respeito com essa Casa. Estamos de portas abertas e queremos que o Executivo também nos atenda”.

Jurandir aproveitou a oportunidade para solicitar o envio de um requerimento para a empresa de limpeza urbana recém contratada, Vialix, pedindo a relação da quantidade de funcionários contratados para capina e varrição, além do número de caminhões disponibilizados para a coleta de lixo no município. “Como o contrato ficou mais caro com o argumento de que o número de profissionais iria aumentar, de que a varrição e a capina iriam aumentar, nós queremos essa relação para ver se realmente aumentou”.

O vereador Léo da Padaria lembrou que o contrato com a Vialix, solicitado pela Câmara na semana passada ainda não foi enviado pelo Executivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui