Vereadores de Juatuba propõem reduzir salários para combater Covid-19

0
190

Os vereadores de Juatuba têm se movimentado para buscar soluções para a crise provocada pelas medidas de isolamento social em decorrência da Covid-10 na cidade e, nesta semana, alguns parlamentares protocolaram projeto de resolução para redução dos salários e conversão dos valores em investimentos na estruturação da saúde municipal durante a pandemia. A preocupação dos vereadores é compartilhada por diversos segmentos da sociedade que já manifestaram indignação com a falta de informação e de ações efetivas da Prefeitura para amenizar a situação e amparar a população em decorrência da pandemia do coronavírus. O ofício protocolado pelos parlamentares pede a redução de 30% nos vencimentos durante os próximos três meses ou enquanto durar o estado de emergência em Juatuba. O vereador Leonardo Ferreira, o Léo da Padaria, um dos responsáveis pelo pedido afirmou que diante da pandemia, todo mundo está se sacrificando. “O comércio está fechado, tem empresa que não está trabalhando e profissionais liberais e autônomos não estão podendo trabalhar. Não acho justo que nós, vereadores, que trabalhamos para população, continuemos recebendo o mesmo salário, sem nos sacrificar”, explicou Léo. Também assinaram o projeto Alexandre Avelar, Kellisander Saliba (Ted) e Wellington Pinheiro.

A ação dos parlamentares destaca ainda a falta de ação da administração municipal diante da crise da Covid-19 e da estrutura de saúde juatubense. “A intenção é reduzir 30% do salário dos vereadores para que o dinheiro devolvido para o executivo seja usado com responsabilidade, em prol do combate à Covid-19, porque até agora não vimos nada que a prefeitura tenha feito na cidade em enfretamento a esta pandemia. Não há um leito montado para atender a população. Esperamos que esse dinheiro seja transformado em melhorias para beneficiar os juatubenses”, destacou Léo. O projeto está com o presidente da Câmara, Jurandir Santos, que deverá colocá-lo em votação.

Moção de repúdio contra Adônis

Nos últimos dias, ações do prefeito Antônio Adônis Pereira também têm gerado temas e questionamentos na Câmara. Segundo os vereadores, em uma semana, foram publicadas no Diário Oficial do Município cinco nomeações para os cargos de Secretário de Governo, gerente de unidade de saúde, coordenador e supervisor de área da Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura.

Os parlamentares reclamam que em tempos de crise, a administração age na contra mão com a nomeação de servidores e a elevação da folha de pagamento da prefeitura e, por isto vão enviar uma moção de repúdio à administração municipal. O documento foi solicitado pelos vereadores Leonardo Ferreira, Alexandre Avelar, Kellisander Saliba (Ted) e Wellington Pinheiro. “Em um momento crítico que o município está passando, ao invés de o prefeito reduzir salários e cargos comissionados, ele está nomeando novos servidores. Repudiamos esta atitude,” reforçou Léo.

Os vereadores tinham reunião agendada para esta sexta-feira com o prefeito Adônis Pereira e o secretário de Governo interino, recém-nomeado, Marco Antônio Guimarães Diniz, mas segundo informações que chegaram à redação, a pauta principal do encontro seria o atendimento do pedido dos comerciantes para reabertura do comércio. O assunto foi levantado pelos parlamentares na semana passada durante reunião plenária quando eles disseram estar preocupados com as consequências do decreto de fechamento dos estabelecimentos comerciais. A reportagem foi informada que membros da Câmara de Dirigentes Lojista (CDL) de Juatuba e empresários também participariam da reunião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui