Agentes comunitários retomarão visitação em Juatuba e Mateus Leme

0
62

A Prefeitura de Juatuba publicou na segunda-feira, 17, um novo decreto com orientações sobre a retomada das atividades dos agentes comunitários. Desde o início da pandemia, o trabalho dos profissionais foi suspenso como medida de segurança para proteção dos servidores e moradores da cidade.

A função dos agentes comunitários consiste em agendamento e entrega de encaminhamento médico, além de acompanhamento da saúde dos moradores das regiões atendidas por cada unidade. Os agentes não poderão entrar nas residências. Para pacientes que não estejam acamados, a conversa com os agentes ocorrerá do lado de fora das casas. É importante que a população se lembre de usar máscara durante o atendimento.

Além disso, deverão ser priorizados os pacientes que se enquadrem no grupo de risco, observando sempre o distanciamento mínimo de dois metros entre o agente e o paciente. Cada servidor receberá equipamentos de proteção individual e deverá higienizar as mãos com álcool gel. Os agentes comunitários com mais de 60 anos deverão prestar serviços nas unidades de saúde em atividades administrativas ou de monitoramento que não demandem contato com o público.

Os agentes de combate a endemias e controle de zoonoses também estão liberados para trabalhos no perímetro próximo aos domicílios. Os demais serviços da administração municipal tiveram o horário ampliado e funcionarão das 8h às 16h. Para agendar algum atendimento é possível ligar para o telefone 3535-8241.

Retorno em Mateus Leme

Os agentes comunitários dos programas de saúde da família também retomarão as visitas às residências da comunidade em Mateus Leme. A Secretaria Municipal de Saúde está elaborando um protocolo para retornar com os trabalhos em segurança e está sendo preparada a compra de novos equipamentos de proteção individual.

Inicialmente, as visitas priorizarão pacientes com doenças crônicas ou que estejam acamados. Essa decisão foi tomada após análise da secretaria, já que a maioria dos casos da Covid-19 que procuraram apoio nas unidades de saúde são de pessoas sem comorbidades e com sintomas mais leves da doença. Com isso, aqueles que estão enquadrados no grupo de risco receberão atenção para reforçar a prevenção contra o coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui