Detentos de Juatuba poderão conversar com a família por vídeo

0
429

O Governo de Minas iniciou em maio a distribuição de kits para videoconferências em presídios, penitenciárias e centros socioeducativos de todo o estado. Foram entregues, no total, 208 kits com computadores, modem e webcams, que passaram a ser usados para audiências judiciais e também para contato dos detentos com suas famílias. O Presídio de Juatuba recebeu os equipamentos e começou nos últimos dias o processo de visitação eletrônica.

O uso dessa tecnologia já ocorria em algumas unidades. Foram investidos cerca de R$2,5 milhões na compra dos kits para atender 100% dos presídios e centros de detenção de Minas. Essa é mais uma das medidas adotadas pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) para enfrentar a pandemia e conter a disseminação da Covid-19 nos estabelecimentos penais e de reeducação para jovens em cumprimento de medida de internação. Entre as ações implementadas está a suspensão da visitação. Com isso, os computadores se tornaram aliados. Eles foram a solução encontrada para reduzir o impacto da ausência de visitas presenciais, tão importantes para o processo de ressocialização dos cerca de 60 mil custodiados que estão nas 194 unidades prisionais do Estado. Já foram realizadas duas mil visitas a distância, em 64 presídios e penitenciárias de Minas.

Em Juatuba, o serviço ainda está sendo iniciado. Até então, devido a pandemia, os familiares e detentos estavam se comunicando por cartas ou ligações telefônicas, opções que serão mantidas mesmo com a videochamada. Cada unidade prisional fará levantamento sobre as famílias que desejam fazer as visitas virtuais e posterior agendamento do encontro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui