Estoque de sangue baixo deixa Hemominas em estado crítico

0
56
Retirada de sangue no Hemorio

O Hemominas está com os estoques de sangue em estado crítico. Os números de doadores diminuíram desde a chegada da COVID-19 e os tipos sanguíneos O+ e A+ são os mais escassos.

Desde o início da pandemia, muitas pessoas estão em casa e, mesmo aquelas dispostas a doar, estão com receio de visitar ambientes hospitalares. Como consequência, o tempo de espera para receber a transfusão de sangue aumentou, o que pode ser fatal para inúmeros brasileiros com complicações de saúde. Estatísticas médicas mostram que a cada cinco internações, um paciente precisa de transfusão sanguínea. No Brasil, a cada dois segundos, pelo menos uma pessoa precisa realizar o procedimento.

O ponto de coleta de doações de sangue mais próximo é na Fundação Hemominas de Betim, na Rua Salvador Gonçalves Diniz, 191, bairro Jardim Brasília. O horário de funcionamento para as doações é de segunda a sexta-feira, de 7h às 11h15. As doações devem ser agendadas on-line, através do aplicativo de celular MGapp ou no site www.mg.gov.br.

Os doadores precisam ter entre 16 a 69 anos. Jovens menores de idade precisam estar acompanhados pelos responsáveis. Não podem doar pessoas acima de 61 anos, que nunca tenham feito doação sanguínea; pessoas que pesam menos que 50 kg; portadores de anemia, hipertensão ou hipotensão arterial, arritmia cardíaca e febre; gestantes e mães que estão amamentando. Para saber mais condições para doação, consulte o site www.hemominas.mg.gov.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui