SETE PERGUNTAS PARA: Caio Valente, presidente da Associação Runner´s Juatuba

0
124

Em períodos de distanciamento como o que estamos vivendo agora, a prática de atividades físicas se torna ainda mais essencial para reforçar o sistema imunológico e trazer mais tranquilidade à mente. Nesta semana, a série “Sete Perguntas” traz o presidente da Associação Runner’s Juatuba, que foca na corrida como modalidade esportiva. Caio Henrique Valente tem 32 anos é educador físico e há 10 anos atua também como investigador da Polícia Civil de Juatuba. Ele uniu seu interesse por treinamento esportivo, promoção da saúde e bem-estar coletivo quando se tornou presidente da Runner’s.

1. Como começou a Runner’s Juatuba? Quantas pessoas fazem parte da associação hoje? Qual a faixa etária dos membros da Runner’s?

A associação teve início com cinco amigos que se encontravam para praticar corrida. A partir daí surgiu o grupo Runner´s Juatuba com o objetivo de promover a oportunidade da prática de corrida de forma organizada extensiva a todos com interesse neste esporte. Temos integrantes de todas as idades e hoje já somamos cerca de 130 membros da associação.

2. Como funciona a entrada de membros na associação? Os treinos ocorrem semanalmente? Há uma divisão de acordo com condicionamento físico ou idade?

Para tornar-se integrante é preciso iniciar a prática da corrida, cadastrar-se como membro da Associação Runner´s Juatuba e contribuir com uma taxa de R$20, a cada dois meses. Esse valor é revertido para a manutenção de custos mínimos da associação sem fins lucrativos, como fornecimento de frutas e café da manhã em treinões realizados. Há uma prestação de contas aos associados e um contador foi contratado, conforme pede a legislação.

A adesão é livre e a participação nos treinos ocorre conforme a disponibilidade e o interesse de cada membro. Todos ficam livres para a prática da corrida quando têm interesse, recebendo a informação em um grupo de WhatsApp quando outros integrantes estão treinando e os horários de treinos individuais, bem como o convite para treinos coletivos (mensais). Não há divisões e sim incentivo do coletivo para a prática do esporte. De forma geral, o que ocorre são pessoas com ritmos similares que treinam juntas. Muito embora tenhamos participantes com desempenhos quase equiparados a profissionais, o grupo tem o objetivo de proporcionar a prática deste esporte, indiscriminadamente, a todos.

3. Quais ações vocês têm adotado para manter o grupo ativo durante a pandemia? Vocês ficaram parados muito tempo? Muitos se queixam sobre a dificuldade de correr ou caminhar de máscara, foi difícil essa adaptação?

Acredito que todos têm sentido falta dos treinões coletivos, viagens em grupo e participação em eventos de corrida. Como ainda não são possíveis tais atividades, temos incentivado para que continuem se movimentando e treinando, mesmo individualmente, buscando a manutenção da saúde e boa condição física. Ficar parado não é uma opção viável até mesmo por não haver uma previsão de término para a pandemia. Muitos participantes relatam melhoras na qualidade vida, ganho de saúde, melhora de condicionamento e disposição através da prática esportiva da corrida. Creio que este é o motivo principal para continuarmos correndo.

4. Vocês recebem algum incentivo do poder público para manter a associação?

O grupo não recebe incentivo do poder público e a associação é mantida com a contribuição de seus integrantes. Desde o início, a Runners’s surgiu da iniciativa de um grupo de pessoas e procuramos nos manter à parte de questões políticas. Temos, em contrapartida, diversos parceiros privados, empresários integrantes do grupo que fornecem descontos aos associados através do cartão do associado Runner’s Juatuba. Somos muito gratos a esses parceiros, como a empresa Dinaellles Turismo que faz ótimos preços no transporte do Runner’s Juatuba para eventos, e outros que sempre apoiam o grupo em todos os eventos e participações.

5. Vimos nas redes sociais da Runner’s que vocês já enviaram grupos para diversas corridas, até fora do estado. Quais são os objetivos para o futuro da associação? Há pessoas que almejam se tornar corredores profissionais?

Em 2019, o Runner’s Juatuba participou de mais de 20 eventos de corrida ao longo do ano. Temos participado de corridas anuais como: o Circuito das Praias, em Guarapari/ES; Maratona de São Paulo; e o Desafio do Barreiro, em Araxá. Houve ainda a participação de integrantes na Maratona Internacional de Portugal. Temos representantes do grupo correndo por todo o Brasil. Eles levam o nome do grupo e da cidade de Juatuba com satisfação, pelo orgulho de fazer parte de uma família de corredores, com pessoas que se ajudam e prezam pelo bem-estar e saúde uns dos outros.

6. Para aqueles que têm interesse em começar a prática de corrida, quais orientações vocês passam? Quais cuidados eles devem ter ao iniciar no esporte?

É importante começar devagar, até mesmo caminhando, e respeitar seus limites. Ajustar a alimentação, ter hábitos saudáveis, adquirir um bom tênis para a prática da corrida e ter persistência também é essencial. O fortalecimento da musculatura através do treinamento de força em academia ou até mesmo em casa é muito importante. Supere-se! Comece! Se movimente! Você é o seu maior adversário!

7. A corrida de rua e o atletismo em geral tem ganhado muitos adeptos, mas ainda são pouco valorizados como modalidade esportiva. O que você acha que pode ser feito para maior valorização da corrida?

Creio que esse panorama tem mudado nos últimos anos com o crescimento exponencial dos adeptos da corrida de rua e atletismo. Acredito que a população, de uma forma geral, tem se conscientizado dos benefícios da prática da atividade física, potencializando o esporte em suas vidas e promovendo sua consequente valorização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui